Conecte-se conosco

Agressão

Homem esfaqueia companheira por ter instalado WhatsApp

O acusado foi autuado em flagrante delito por violência doméstica e lesão corporal.

Publicado

no dia



Uma mulher foi agredida na noite do último sábado (05/08), por volta das 20h, no município de Barra dos Coqueiros (SE).

A vítima relatou que foi agredida após ter instalado o aplicativo de mensagens WhatsApp. O companheiro ficou irritado e desferiu um golpe de faca no braço da vítima. A Polícia Militar foi acionada e o acusado encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante delito por violência doméstica e lesão corporal.

COMENTE!
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × quatro =

Agressão

Homem diz que espancou mula porque deu coice em seu filho

ONG vai levar o caso para o Ministério Público Estadual.

Publicado

no dia

(Foto e vídeo: Reprodução / Facebook)



Na última sexta-feira (14/04), um homem foi flagrado agredindo uma mula com uma tora de madeira. O caso ocorreu no povoado Brasília, em Lagarto (SE).

A presidente da Educação e Legislação Animal (ELAN), Maria Nazaré Moraes, registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Plantonista em Aracaju.  O suspeito afirmou em Boletim de Ocorrência que ficou nervoso após o animal ter dado um coice no seu filho de três anos.

“Estava cuidando da ração do animal, quando precisou sair e ao regressar percebeu que seu filho de três anos de idade tinha sido atingido com um coice, mas não ficou lesionado. Que, alega ter ficado nervoso com o ocorrido e com isso pegou uma tora de madeira e desferiu um golpe no pescoço do animal e em seguida outro na cabeça, vindo o animal cair com a pancada”, relata o Boletim de Ocorrência.

A agressão foi gravada pela irmã do suspeito que divulgou o vídeo nas redes sociais. O animal foi entregue para uma ONG no município de Estância e passa bem. A ELAN vai encaminhar denúncia para o Ministério Público Estadual.

COMENTE!
Continue Lendo

Agressão

Homem é preso após agredir avó de 94 anos com socos

A polícia suspeita que José Raimundo estivesse por influência de álcool e drogas.

Publicado

no dia

(Foto: Divulgação / SSP)



Um homem foi preso em flagrante na tarde da última segunda-feira (06/03), no município de Simão Dias (SE).

A prisão aconteceu quando numa ronda preventiva, policiais perceberam uma movimentação estranha e ouviram gritos de socorro numa rua em que passava. Ao se aproximarem para averiguar os gritos, constataram que José Raimundo dos Santos Silva estava agredindo a socos a avó de 94 anos, a sobrinha e a irmã que estavam tentando impedir a agressão à idosa.

Os policiais encaminharam à avó de José Raimundo para atendimento médico e o agressor foi levado à Delegacia de Simão Dias, onde foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal.

COMENTE!
Continue Lendo

Agressão

Gato é espancado, perde visão de 1 olho e morre após ser resgatado por ONG

Publicado

no dia

(Foto e vídeo: ONG Animais Amigos)

A ONG Animais Amigos resgatou um gato na última terça-feira (15/11), por volta das 19h30. O resgate ocorreu em um condomínio localizado no município de Estância (SE).

A presidente da ONG esteve no local após um morador do condomínio ter acionado a ONG. “Ele era um gato que vivia no condomínio, alguns moradores já tinham pedido para a síndica que desse um jeito no gato e ela se omitiu. Quando eu cheguei ao local, o gato estava com o olho saindo, todo machucado. Nós o recolhemos e o encaminhamos para o veterinário. Um homem estava muito exaltado. Primeiro ele queria me expulsar do condomínio, mas não conseguiu. Ele gritava toda hora que resgatar animal é uma palhaçada e que gostaria que o animal morresse porque ele arranhou o para-brisa do carro. Não posso falar que foi ele, mas não entendi o motivo dele não querer que eu resgatasse o animal”, explica a presidente da ONG, Simone Almeida.

Em um vídeo divulgado pela ONG, o homem citado aparece batendo na lataria do carro. “É meu, é meu. O dono do gato vai pagar o meu para-brisa. Eu quero saber quem é o dono do gato”, grita.

O gato recebeu os cuidados do veterinário da ONG, mas não resistiu e acabou morrendo na manhã deste sábado (19/11). A ONG ainda não sabe quem agrediu o gato, mas foi registrado um Boletim de Ocorrência e o advogado tomará as medidas cabíveis.

COMENTE!
Continue Lendo
Publicidade

Últimas Notícias

Facebook

Mais Lidas