Justiça nega prisão domiciliar e mantém Ana Alves em presídio – Jornal de Sergipe

Justiça nega prisão domiciliar e mantém Ana Alves em presídio

Publicado no dia .


A Justiça não acatou o pedido da defesa de Ana Alves, filha do ex-governador de Sergipe, João Alves, e da senadora da república Maria do Carmo, presa desde a semana passada.

A Defesa pediu a Justiça que reconsiderasse a decisão que determinou sua prisão. Pediu a conversão da prisão para domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica, mas a Justiça indeferiu o pedido nesta quinta-feira (07/12).

“Assim, considerando que não houve modificação nos quadro fático e processual, tenho que, por hora, deve ser mantida a segregação cautelar da paciente. Portanto, indefiro o pedido.

Por fim, considerando a confidencialidade dos documentos juntados com o presente pedido de reconsideração, determino que o movimento de juntada realizado pelo advogado, datado de 06/12/2017, seja colocado em sigilo, a fim de evitar a consulta externa. Intime-se. Retornem os autos à Escrivania para aguardar a manifestação ministerial”.

Entenda

Ana foi presa em cumprimento de ordem judicial, na sede do Ministério Público Estadual, pelos Promotores de Justiça do GAECCO e equipe policial da DEOTAP. Ela é investigada por participação em peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação, crimes previstos na Lei 12.850/2015. Há informações e indícios de que ela praticou atos graves na tentativa de induzir declarações e depoimentos de investigados e testemunhas no curso das investigações do Ministério Público, o que motivou sua prisão preventiva.

COMENTE!