Take a fresh look at your lifestyle.

Camarote que desabou suportava 2988 pessoas, diz Defesa Civil de Aracaju



A Defesa Civil de Aracaju informou que o camarote que desabou na madruga do último domingo (08/10), durante a realização da festa fantasia Odonto Fantasy, em Aracaju (SE), suportava 2988 pessoas.

Em relação às estruturas montadas para o Festival, foram adotadas todas as providências técnicas exigidas com base no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

A documentação de responsabilidade técnica referente aos procedimentos necessários à realização do evento é assinada pelo responsável técnico e organizadores do festival. Para a estrutura que cedeu, havia a indicação de suporte máximo para 2.988 pessoas. O cálculo levou em consideração não só as dimensões do camarote, mas também um teste de carga que prevê a segurança estrutural desse espaço no que diz respeito à sua capacidade máxima. Todos esses aspectos são exigidos pela Defesa Civil de Aracaju ao realizador do evento.

O protocolo é de responsabilidade do organizador, sendo efetivado por um engenheiro particular. A documentação que atesta o cumprimento dessas exigências consta na Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), entregue ao órgão no período que antecedeu a data do evento. O controle de público é de responsabilidade dos organizadores.

A Defesa Civil de Aracaju lamenta pelo ocorrido e aguarda os desdobramentos das investigações, colocando-se à disposição para o que se fizer necessário.

Nota de esclarecimento da organização
“Ao longo desses 20 anos de Odonto Fantasy, sempre priorizamos a transparência e o compromisso com o nosso público. Por isso, precisamos esclarecer alguns pontos sobre o que aconteceu ontem, quando uma parte do piso de um dos camarotes cedeu.

Em primeiro lugar, queremos nos solidarizar com as pessoas que se machucaram; as que não estavam no exato local, mas ficaram assustadas e os familiares e amigos que ficaram preocupados quando souberam do ocorrido. Enquanto aguardamos o resultado da perícia que vai esclarecer as causas do que aconteceu, cuidamos de quem se machucou.

A equipe de bombeiros civis e do posto médico prestou os primeiros atendimentos no local e aqueles que precisaram de mais cuidados foram encaminhados a unidades de saúde. Estivemos com eles no hospital até receberem alta médica. Apenas uma pessoa segue hospitalizada. Continuaremos em contato com todos para que tenham a assistência necessária até a completa recuperação.

É fundamental ressaltar que a estrutura contratada pelo evento estava licenciada e vistoriada. A área foi isolada imediatamente após o ocorrido para que fosse avaliada a extensão do dano. Após a avaliação do bombeiro civil, a área restante do camarote foi liberada e o evento continuou com a apresentação dos demais artistas sem qualquer intercorrência.”

Com informações da Defesa Civil e da organização do evento

DEIXE SUA OPINIÃO AQUI