Conecte-se conosco

Governo

Danielle Garcia continuará coordenando departamento contra corrupção

O Governo anunciou mudanças no comando da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Publicado

no dia

(Foto: Reprodução / Internet)



O Secretário de Estado da Segurança Pública de Sergipe, delegado João Batista, será substituído pelo delegado e ex-secretário João Eloy. A transmissão de posse acontecerá na manhã desta quarta-feira (19/04).

A delegada Danielle Garcia continuará coordenando o Departamento de Combate aos Crimes Tributários e Administração Pública. Em nota, o Governo do Estado confirma a permanência do coronel Marcony Cabral no Comando da Polícia Militar e que Katarina Feitoza será a delegada-geral da Polícia Civil. O Coronel Eduardo Carlos continuará exercendo o comando do Corpo de Bombeiros.

“O Governo do Estado de Sergipe informa mudanças no comando da Secretaria de Estado da Segurança Pública. O Secretário de Estado da Segurança Pública, delegado João Batista, será substituído pelo delegado e ex-secretário João Eloy. O Delegado-Geral, Alessandro Vieira, será substituído pela delegada Katarina Feitoza. O Governo do Estado agradece a contribuição dos delegados João Batista e Alessandro Vieira neste ciclo que se encerra, e reconhece o trabalho competente exercido por eles nos seus respectivos cargos. O Coronel Marcony Cabral continuará exercendo o comando da Polícia Militar. O Coronel Eduardo Carlos continuará exercendo o comando do Corpo de Bombeiros”.

COMENTE!
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 2 =

Governo

Retaliação: Governo mira senadores que votaram contra a reforma trabalhista

O Governo sinaliza para uma retaliação aos senadores.

Publicado

no dia

Após derrota na Comissão de Assuntos Sociais no Senado, o Governo sinaliza para uma retaliação aos senadores que votaram contra a reforma trabalhista. A informação é da coluna Painel, da Folha de São Paulo.

A demissão de dois apadrinhados do senador Hélio José (PMDB-DF) foi o primeiro tiro de advertência. Na última quarta-feira (21/06),o Planalto começou a mapear outros cargos ocupados por indicados do peemedebista e também pelo PSDB e PSD, num aviso de que os votos contrários às novas regras dados por Eduardo Amorim (PSDB-SE) e Otto Alencar (PSD-BA) também serão retaliados. Novos cortes podem ser feitos a depender do comportamento da base na Comissão de Constituição e Justiça e no plenário.

COMENTE!
Continue Lendo

Governo

Jackson busca recursos em Brasília para realizar o Arraiá do Povo

O chefe do Executivo solicitou a liberação de uma emenda parlamentar do deputado Jony Marcos.

Publicado

no dia

O governador de Sergipe, Jackson Barreto, esteve em Brasília para solicitar recursos que viabilizem a realização do Arraiá do Povo, na Orla de Atalaia, em Aracaju.

Na última terça-feira (16/05), o chefe do Executivo solicitou a liberação de uma emenda parlamentar do deputado Jony Marcos no ministério da Cultura e mais R$ 800 mil no ministério do Turismo. No ministério do Turismo, em companhia do deputado federal Fábio Reis, Jackson explicou que os recursos são provenientes do Edital de Eventos desse Ministério e que a proposta da inclusão do Arraiá do Povo foi apresentada em janeiro. O ministro do turismo, Marx Beltrão, informou que a Pasta está com recursos contingenciados, mas que está negociando a liberação de R$ 10 milhões junto ao ministério do Planejamento para realização de eventos.

O governador tratou o mesmo tema com o ministro da Cultura, Roberto Freire. Jackson solicitou a liberação de R$ 1 milhão para o evento, recursos provenientes de Emenda Parlamentar de autoria do deputado federal Jony Marcos.

COMENTE!
Continue Lendo

Governo

Governo ainda não sabe como fará para pagar salário de servidores nos próximos meses

Em entrevista, Jackson Barreto demonstrou preocupação com relação às finanças do Estado.

Publicado

no dia

O governador do Estado de Sergipe, Jackson Barreto, concedeu entrevista para a coluna da jornalista Rita Oliveira do Jornal do Dia.

Durante a entrevista, o governador demonstrou preocupação com o pagamento de salário. “Tenho que pensar, refletir, analisar. Estou preocupado com os meses de julho, agosto, setembro e outubro. Os sinais não são bons com relação às finanças do Estado. Ainda não sei como em julho vamos pagar a folha de pessoal. Ainda estou em paz porque sei que tenho que pagar até o dia 12”, disse Jackson.

COMENTE!
Continue Lendo
Publicidade

Últimas Notícias

Facebook

Mais Lidas