Conecte-se conosco

Protesto

servidores fazem protesto na frente da unidade do Nestor Piva

Publicado

no dia

O casos instalado na saúde de Aracaju parece estar longe do fim. Depois da Prefeitura ter determinado a terceirização do Hospital Municipal Nestor Piva para garantir o atendimento depois que médicos contratados não aceitaram o novo modelo de contratação e retiraram seus nomes das escalas, agora o problema é com os técnicos de enfermagem e enfermeiros.

Coma terceirização, todos os servidores concursados do Hospital Nestor Piva, Na Zona Norte de Aracaju, terão que ser relocados em outras unidades da prefeitura, só que eles não aceitam a mudança e dizem que já estão no local há 12 anos. Na manhã desta quinta-feira, 10, eles fizeram protesto na frente da unidade, pedindo que o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira, reveja o posicionamento e desista da mudança.

A secretária municipal de Saúde de Aracaju, Waneska Barbosa, disse que os profissionais fizeram concurso para Rede de Urgência e Emergência Muncipal, portanto podem ser lotados em qualquer unidade. Ela disse ainda que mesmo entendendo o lado dos servidores, nesse momento de crise, é preciso pensar no coletivo, é preciso pensar na população aracajuana, que preciso ter o atendimento normalizado.

Entenda o caso

Desde o última segunda-feira, 31, a população que busca atendimento nos dois hospitais municipais da capital sergipana  é informada que escala médica está incompleta e o atendimento vai demorar, se  chegar a acontecer. O caos na saúde é motivado pelo impasse entre os médicos  contratados por Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) e a prefeitura da capital, que decidiu mudar a forma de contratação dos profissionais, atendendo a uma orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A mudança aplica a contratação via pessoa jurídica e ainda reduz o valor da hora trabalhada, que cai de R$ 100,00 para R$ 75, 00.

Para resolver a situação, a prefeitura de Aracaju  decidiu firmar um contrato emergencial de seis meses com a empresa Centro Médico do Trabalhador LTDA. Com isso, ela fica integralmente responsável, já a partir desta terça-feira, 8,  pelo gerenciamento do Hospital Municipal da Zona Norte.

Com informações da Fan Fm

Deixe seu comentário
Publicidade
Publicidade

Facebook

Mais Lidas