O ex-vereador de Pacatuba Arnaldo Silva Ferreira (MDB) e um companheiro de nome Toni estão sendo acusado da prática de estupro a duas irmãs menores – uma de 16 e outra de 14 anos – através de denúncia formulada pelo Conselho Titular, que pôs uma advogada para atuar no caso.

Segundo informações passadas por pessoas do Conselho, o estupro teria ocorrido no dia 20 deste mês, uma quarta-feira, quando as duas menores pegaram carona com Arnaldo e Toni, do centro de Pacatuba para o povoado Mororo. Elas foram levadas para um balneário já desativado chamado ‘Gaivota’, onde foram dopadas e estupradas em seguida.

As informações são de que a menor de 14 anos dormiu e foi violentada pelos dois, e a menor de 16 anos manteve-se acordada e foi usada apenas pelo ex-vereador Arnaldo. Circulou a informação de que Arnaldo, no dia seguinte ao estupro, visitou a delegacia de polícia de Pacatuba para saber se havia alguma queixa. Já nesta sexta-feira, o ex-vereador procurou o enteado das duas meninas.




Segundo ainda notícias de Pacatuba, existem outros relatos de estupros praticados por Arnaldo, mas que não foram denunciado porque “ele é muito violento e podia se voltar contra quem denunciasse”. As duas menores já fizeram corpo delito e o processo está na Justiça.

Arnaldo Silva Ferreira foi vereador em Pacatuba por quatro vezes e disputou o mandato de prefeito municipal, quando foi derrotado.

Fonte: Faxaju