Take a fresh look at your lifestyle.

DEPOIS DE SEIS ANOS: O Pré-Caju está de volta

Seis anos depois deixar de ser realizado, o PréCaju volta nos dias 10 e 11 de outubro (sexta e sábado) deste ano e desta feita contará com seis blocos, três desfilando a cada dia. E o percurso será da Passarela do Caranguejo à Praça de Eventos da Orla da Praia de Atalaia. O anúncio foi feito pelo promotor da festa, Fabiano Oliveira.

Oliveira e a equipe de comando do grupo Augustus vinham discutindo o assunto e, com a realização do Fest Verão no sábado passado, 25, já em um novo cenário, partindo do final da Atalaia em direção à Aruana, veio o estímulo final para reativar a marca PréCaju, mas em roteiro inverso, tendo o mesmo ponto de partida, mas seguindo para a Praça de Eventos.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, quando soube da possibilidade da volta, pensou em colocar o Carnaval fora de época na Avenida Beira Mar. A festa chegou ao ponto alto quando lá era realizada. Alguns moradores e pessoas que precisam se locomover de carro pela área se sentiam prejudicadas e protestavam frequentemente, através da imprensa.




Sem problemas
“Eu disse para o prefeito Edvaldo que na Avenida Beira Mar voltaria a gerar problemas para a população. Sugeri, então, fazer na área da orla da Praia de Atalaia, já que a prefeitura vai assumir o seu controle. O Governo do Estado quer repassar a administração para a prefeitura. Edvaldo gostou da ideia e topou”, comentou Fabiano Oliveira.

Agora na orla, é pensamento de Fabiano fazer o uso das duas pistas – uma será utilizada pelos blocos, onde os desfilantes pagariam por seu kit e contariam com algumas regalias, e a outra pela chamada “pipoca”, que participará da festa gratuitamente. Os desfiles seriam das 15h às 22h. Depois disso, as noitadas se completariam com shows na praça.

Essa proposta exposta por Fabiano Oliveira conta com o apoio da Abrasel (entidade que representa donos de bares e restaurantes), Abih (Hoteleiros) e Abav (agentes de viagens).

Calendário de eventos
Com a volta do PréCaju, a capital sergipana, segundo Fabiano, fortalecerá o seu calendário de eventos. Inicia o ano com o Fest Verão (janeiro), em junho tem os seus festejos juninos e em outubro o PréCaju. Além disso, o governo poderá definir uma agenda de negócios no Centro de Convenções. “Sergipe ganha vida e os eventos favorecem ao turismo, geram empregos e rendas, além do clima de animação”, comentou.

Criado há 31 anos, o PréCaju esteve em atividade por 25 anos. Ocupou espaço na Avenida Barão de Maruim e depois na Beira Mar, onde reunia, em algumas noites, mais de 250 mil pessoas. Nesse período foi criada a Associação Sergipana de Blocos e Trios (ASBT), que comandava a festa. Hoje a entidade já não existe.

|Texto: Eugênio Nascimento/Jornal da cidade

DEIXE SUA OPINIÃO AQUI