Conecte-se conosco

Justiça

SKY vende internet de 10 mega, entrega 1 e ameaça multar cliente que cancelou

Publicado

no dia



A empresa SKY não está cumprindo o que determina a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Um cliente residente em Aracaju (SE), no bairro Aruana, contratou recentemente a banda larga de 10 mega da Sky.

Durante toda a semana de março, a velocidade entregue ao cliente variou entre 0.90 e 6 mega. Para o Jornal de Sergipe, o cliente informou que a velocidade chegou a atingir 6 mega, mas logo caía para 1 mega e permanecia essa velocidade durante o dia.

Velocidade registrada no dia 16 de março

A SKY não cumpre o que a Anatel estabelece: a prestadora tem que entregar no mínimo 40% da taxa de transmissão máxima contratada pelo assinante.  Vários contatos foram realizados para a SKY e uma visita técnica foi agendada. Na última segunda-feira (19/03), um técnico da SKY constatou que o problema não estava no modem, mas na rede da SKY. Após a visita do técnico, o cliente realizou um novo teste e constatou que a velocidade permanecia reduzida, atingindo 2.10 mega.

No dia 19, antes de cancelar o serviço, o cliente realizou novo teste após a visita do técnico.

Mais uma vez o cliente entrou em contato com a central de atendimento, que ofereceu uma mudança de plano e um desconto de R$ 20 por três meses. Indignado, o cliente solicitou cancelamento. A atendente da SKY cancelou o serviço e afirmou que o cliente receberá a multa por quebra de fidelidade. Não houve ainda desconto na fatura pelos dias que o cliente sofreu com a redução da velocidade.

A prestadora usa a fidelidade como pretexto para que o cliente continue na empresa, quando na verdade quem quebrou o contrato foi a própria prestadora, que não entregou o que foi acordado e nem o que Anatel estabelece. “Cancelei e agora vou aguardar. Caso a SKY envie alguma multa acionarei a Justiça”, garante.

Publicidade
Publicidade

Facebook