Conecte-se conosco

Sem categoria

Lixo: Polícia indicia 14 dos investigados da ‘Operação Babel’; Veja os nomes

O inquérito policial foi entregue à Justiça.

Publicado

no dia



O inquérito policial relativo à ‘Operação Babel’, que investiga fraudes e irregularidades nos contratos de lixo em Aracaju, foi entregue ao juízo da 3ª Vara Criminal de Aracaju.

Ao todo, 14 dos investigados foram indiciados pelos crimes de quadrilha ou bando, estelionato majorado e impedimento, perturbação ou fraude de concorrência. O inquérito foi registrado no sistema do Tribunal de Justiça de Sergipe, com o número 201720300307 e remetido ao Ministério Público Estadual, que vai analisar se oferece denúncia contra os acusados ou se pede novas diligências à polícia.

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) desmarcou a coletiva de imprensa que tinha como objetivo detalhar a operação. A Operação Babel foi iniciada no dia 15 de setembro do ano passado a partir das denúncias feitas pela Empresa Cavo contra a Torre, para apurar uma suspeita de fraudes na medição de lixo que estava ocorrendo em Aracaju no período de 2013 e 2016.

Em 2016, a própria Emsurb denunciou uma suspeita de superfaturamento no contrato que se deu em 2010. Há suspeita que parte deste entulho, que possui valor mais baixo para descarte, estava sendo pesado e pago como lixo domiciliar, que apresenta um preço mais caro para o seu descarte.

Os indiciados da Operação:

  1. – Alexsandro dos Santos (Dirigente do Sindilimp)
  2. – José Antônio Torres Neto (sócio-proprietário da Torre)
  3. – José Carlos Dias (Diretor da Torre)
  4. – José da Silva Araujo Silva (Diretor da Torre)
  5. – José de Araujo Mendonça Sobrinho, conhecido como Mendonça Prado (presidente afastado da Emsurb)
  6. – José Reinaldo de Souza (Diretor da Emsurb, afastado)
  7. – José Roberto Gomes do Carmo (Diretor da Emsurb, afastado)
  8. – Júlio Cesar Flores Correia (ex-presidente da Emsurb)
  9. – Lucimara Dantas Passos (ex-vereadora e ex-presidente da Emsurb)
  10. – Marcio Zylberman (assessor da Emsurb, afastado)
  11. – Rayvanderson Fernandes dos Santos (presidente do Sindilimp)
  12. – Rosenice Figueiredo Machado (procuradora da Emsurb, afastada)
  13. – Soraya Machado Torres (sócia da Torre)
  14. – Sylvia Emilia Cardoso Barreto (presidente da Comissão de Licitação da Emsurb, afastada)
COMENTE!
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + 2 =

Agressão

Homem esfaqueia companheira por ter instalado WhatsApp

O acusado foi autuado em flagrante delito por violência doméstica e lesão corporal.

Publicado

no dia



Uma mulher foi agredida na noite do último sábado (05/08), por volta das 20h, no município de Barra dos Coqueiros (SE).

A vítima relatou que foi agredida após ter instalado o aplicativo de mensagens WhatsApp. O companheiro ficou irritado e desferiu um golpe de faca no braço da vítima. A Polícia Militar foi acionada e o acusado encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante delito por violência doméstica e lesão corporal.

COMENTE!
Continue Lendo

Política

Lula visitará Sergipe no mês de agosto

O ex-presidente pretende visitar Sergipe em agosto.

Publicado

no dia

O ex-presidente Lula (PT) já começou a articular sua candidatura para 2018. Na última semana, ele se reuniu com o governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB).

Lula visitará Sergipe em agosto. A viagem deve começar pela Bahia e se estenderá por outros Estados. Lula pretende visitar Aracaju, Lagarto e Itabaiana. Municípios que receberam grandes ações dos Governos Lula/Dilma.

COMENTE!
Continue Lendo

Política

Ministro autoriza volta de Aécio Neves ao Senado

O ministro Marco Aurélio Mello derrubou o afastamento do senador Aécio Neves das funções parlamentares.

Publicado

no dia

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou nesta sexta-feira (30) o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) das funções parlamentares.

Com a decisão, Aécio retomará as atividades no Senado. O ministro também negou um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o senador.

Aécio havia sido afastado em maio por determinação do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, após a Operação Patmos.

COMENTE!
Continue Lendo
Publicidade

Últimas Notícias

Facebook

Mais Lidas