Conecte-se conosco

Política

Procurada por incitar assassinato de Bolsonaro está fora do país

Publicado

no dia

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)

A Polícia Federal tentou localizar uma mulher na manhã desta quarta-feira (10/10) em Aracaju, acusada de incitar nas redes sociais o assassinato do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Os agentes estiveram em uma residência em Aracaju, mas a mulher não foi localizada. As informações dão conta que ela mora fora do país. Um inquérito será instaurado.

Entenda

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10/10) operação para coibir crimes eleitorais. Foram cumpridos um mandado de busca e apreensão no estado do Paraná e a lavratura de dois Termos Circunstanciado de Ocorrência nos estados de São Paulo e Sergipe.

Os investigados poderão responder, no caso do estado do Paraná, pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma; e, no caso do estados de Sergipe e São Paulo, pela incitação de crime contra candidatos. Um vídeo foi gravado em Sergipe incitando o assassinato do candidato Jair Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade

Facebook