Take a fresh look at your lifestyle.

Sergipano constrói barraco de dois andares sobre árvore em São Paulo; ele quer voltar para SE

O ajudante de pedreiro sergipano, José Jesus dos Santos, 30 anos, se mudou há dez anos de Sergipe para morar em São Paulo.

Após perder o emprego e ter uma desilusão amorosa, José acabou morando na rua. Ele chegou a dormir em um cemitério. Depois foi morar em uma praça, onde conheceu o amigo de rua Francisco Polli, 60 anos.

Santos prometeu construir um abrigo para seu amigo. “Tiozinho, agora que o frio está chegando, vou construir um barraco para você”, disse. O barraco de dois andares foi construído em uma praça da Freguesia do Ó, sobre uma árvore próximo à avenida General Edgar Facó, na zona norte de São Paulo, com madeiras recolhidas de uma caçamba de entulho. O material foi encontrado enquanto procurava latinhas. O barraco conta com dois pavimentos, telhado impermeável, uma pequena geladeira que serve de armário e uma janela improvisada. O amigo dorme no primeiro andar enquanto Santos dorme no segundo andar.

Os moradores do barraco temem que sejam removidos do local pela prefeitura de São Paulo, já que a construção de tendas e barracas é proibida pela prefeitura. Santos está há três meses sem contato com a família que reside no município de Itabaianinha (SE). Ele espera arrumar um emprego para juntar dinheiro e voltar para Sergipe. “Quero ver meu pai, que está mal. Espero dar vários abraços nele”, disse Santos em entrevista para a Folha de São Paulo.

617570-970x600-1
(Fotos: Eduardo Anizelli/Folhapress)

617571-970x600-1

DEIXE SUA OPINIÃO AQUI