Conecte-se conosco

Política

“Ainda não o vi como Deputado”, Dispara Belivaldo contra Rodrigo Valadares

Publicado

no dia

Belivaldo diz que ainda vê o parlamentar como uma “criança” pela amizade que tem com os pais de Rodrigo

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) e que faz parte do “G4” na Assembleia Legislativa, tem sido um duro crítico da administração estadual e nessa segunda-feira (01) o parlamentar considerou o governador “frouxo” já que segundo ele, Belivaldo teria se recusado a fazer debate na Alese. Sobre essa situação, o governador diz que o debate não ocorreu por determinação do presidente da Alese.

Na manhã desta terça-feira (02) o governador fez um comentário sobre as declarações de Rodrigo Valadares e preferiu na polemizar, afirmando que “por ter acompanhado o seu crescimento, por ser amigo da família, eu ainda não o vejo como deputado. Ele é muito criança. Essa não é linguagem de um deputado. Isso é uma linguagem chulo para um deputado”, disse Belivaldo em entrevista a Priscila Andrade e André Barros e brincou: “esse é resquício de Simão Dias. Ele vai apreender”.

O governador falou ainda durante a entrevista, sobre o pedido de auditoria que fez Tribunal de Contas do Estado, onde solicitou que seja feito um levantamento sobre salários pagos e citou como exemplo, pagamentos de insalubridade para servidores da secretaria de estado da saúde e que estão lotados no “Taj Mahal”.

Ainda sobre altos salários, o governador comentou também sobre os que são executados pela Deso e informou que está sendo feito um levantamento, inclusive sobre pagamento de horas extras. O governador garantiu que não irá privatizar, mas não descartou a hipótese de um arrendamento, isso, segundo o governador “se não resolverem os problemas da empresa”.

Belivaldo Chagas comentou também sobre a situação financeira do estado e disse que há melhora da arrecadação, mas que ainda é preciso aguardar para se ter a certeza do que irá ocorrer, porém segundo o governador, “esse mês foi melhor que o anterior”.

Ao final da entrevista, de forma descontraída, Belivaldo Chagas disse que “aqui não temos bate-papo frouxo. Eu não sei se a pessoa quando olha no espelho e vê um frouxo e tenta transferir para outros”, ironizou Belivaldo.

Munir Darrage/Faxaju

Deixe seu comentário
Publicidade
Publicidade

Facebook

Mais Lidas