Take a fresh look at your lifestyle.

Servidores da saúde farão paralisação de 24 horas nesta quinta-feira

Os servidores da saúde representados pelo Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) irão cruzar os braços por 24 horas, nesta quinta-feira, 14, e farão um ato público das 7h às 12h, na frente do Palácio dos Despachos.

Durante toda semana, a diretoria do Sintasa visitou as unidades de saúde do interior. Nesta quarta-feira, 13, por exemplo, foram ao Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro e à Maternidade de Capela a fim de tirar dúvidas e convocar os trabalhadores para a paralisação desta quinta.

Além da convocação, ofícios foram protocolados nos órgãos competentes do trabalho e deixado registrado nas direções dos hospitais visitados.

A paralisação será dentro dos limites da lei, mantendo o percentual mínimo de 30% de trabalhadores nas unidades. Os principais motivos da paralisação são a falta de reajuste salarial que não é feito há mais de 6 anos, o Plano de Emprego e Remuneração (PER) que está parado, e ainda falta a conclusão do novo acordo coletivo.




As outras reivindicações são tíquete-alimentação seguindo o modelo das outras fundações que hoje é de R$ 600,00, remanejamento para 30 horas e melhores condições no dia a dia do trabalho.

“A paralisação está sendo aceita, a maioria dos trabalhadores estão aderindo a mobilização de classe e com certeza nesta quinta-feira haverá um grande ato no Palácio dos Despachos”, afirma Augusto Couto, que esteve acompanhado do gerente do Sintasa, Janderson Alves.

O líder sindical aconselha que os trabalhadores do interior que não puderem ir ao local do ato, podem fazer a manifestação na frente da respectiva unidade de trabalho.

Informações Sintasa

DEIXE SUA OPINIÃO AQUI